imprensa

Reunião da AMMVI

12/04/2018

Prefeito de Brusque cobra ações de segurança na duplicação da Antônio Heil

Durante a 462ª Assembleia Geral da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (AMMVI), realizada na tarde desta quinta-feira (12), o prefeito de Brusque, Jonas Paegle, cobrou ações do Secretário de Estado da Infraestrutura, Paulo França, sobre a segurança de pedestres e motoristas, após as obras de duplicação da Rodovia Antônio Heil (SC 486), na região entre os bairros Limeira e Limoeiro.

Segundo ele, como o trecho de Brusque já está praticamente pronto e foi construído em parceria entre o Governo do Estado e a iniciativa privada, não foram incluídas passarelas, visando garantir a segurança dos moradores e ciclistas que precisam atravessar a rodovia diariamente, principalmente no Bairro Limoeiro. “Já foram registrados acidentes graves, e mesmo com as ações paliativas, como a implantação de faixas elevadas, o trecho ainda oferece muito perigo a comunidade”, comenta Paegle.

O Secretário de Infraestrutura, onde está subordinado o Departamento Estadual da Infraestrutura (Deinfra), responsável pela obra, garantiu que a duplicação de uma rodovia causa um impacto direto na vida da comunidade às margens, e alguns aspectos precisam ser solucionados ao longo da execução da obra. “Em relação ao Bairro Limoeiro, estamos estudando a construção de um viaduto, o que vai trazer segurança e tranquilidade a toda a comunidade”, comenta Paulo França.

Ainda segundo o órgão, ao todo, mais de 12 pontos entre Itajaí e Brusque foram mapeados e precisam de modificações, já que apresentaram problemas de mobilidade.