imprensa

Voluntariado

03/05/2018

Defesa Civil de Brusque faz aula inaugural de capacitação para voluntários

Com o objetivo de aumentar a sua capacidade de pronta resposta e mobilização em períodos de intempéries e desastres naturais, a Defesa Civil de Brusque ministrou, durante a noite desta quarta-feira (2), a aula inaugural da sua mais nova capacitação de voluntários. Ao todo, foram cerca de 30 participantes de várias regiões de Brusque, dispostos a doarem parte de seu tempo para ajudar a população.

De acordo com o diretor do órgão, Carlos Alexandre Reis, serão sete encontros que irão tratar sobre as atribuições da Defesa Civil no cotidiano e em especial nos tempos de anormalidades climáticas. Na aula inaugural, que transcorreu no auditório da Faculdade São Luiz, os alunos conheceram as cinco fases de atuação da entidade. No caso, prevenção, mitigação, preparação, resposta e recuperação.

“A importância do voluntariado para Brusque é muito grande. Temos vários eventos naturais, então a preparação dessas pessoas em simulados, treinamentos e palestra é justamente para atender da melhor forma possível a população” afirma.

Conforme a voluntária Taina Lopes Petermann, a principal motivação para o seu ingresso na capacitação foi ajudar o próximo. “A sociedade está precisando de pessoas que doem seu tempo, sem receber nada. Está faltando esse tipo de contribuição. Acho importante ajudar dessa maneira. Eu adorei”, comenta.

Edevílson Cugik, coordenador da Defesa Civil, explica também que a partir dos próximos encontros as atividades serão efetuadas de acordo com as funções que cada um desempenha na sociedade, já que no corpo de voluntários existem enfermeiros, socorristas privados, advogados entre outros.

“A ideia é que cada um saia daqui mais preparado. Vamos trabalhar em grupos específicos como, por exemplo, abrigos, recreação, apoio psicológico e jurídico”, frisa.