imprensa

16/07/2018

Secretaria de Saúde revê política de Assistência Farmacêutica para melhorar acesso à medicação

Com o objetivo de rever a política de Assistência Farmacêutica do município, a Secretaria de Saúde de Brusque firmou uma parceria com a Universidade do Vale do Itajaí (Univali). A iniciativa pretende melhorar a qualidade do acesso à medicação e otimizar recursos.

O projeto iniciou em julho do ano passado. O grupo de trabalho fez uma análise prévia para diagnóstico da situação e verificou como pontos chaves da realidade farmacêutica em Brusque, a questão do acesso aos remédios e a necessidade de ter maior controle e gestão dos recursos aplicados na área.

“Foram avaliados indicadores e a partir disso foi realizada a proposta de descentralização do serviço de farmacêutico. Espera-se que tenha assistência técnica em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) tanto no âmbito da gestão de estoque quanto no cuidado ao usuário”, explica a coordenadora de Assistência Farmacêutica de Brusque, Patrícia Bernardi Sassi.

Para isso a Secretaria de Saúde iniciou a contratação de 47 estagiários de nível técnico e de graduação que atuarão nas UBS para auxiliar no controle da gestão de estoque. Os farmacêuticos do almoxarifado visitarão todas as unidades periodicamente para fazer esse controle. Já o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) realizará o acompanhamento dos pacientes na parte que se refere ao cuidado.

“Contamos com a ajuda de quatro farmacêuticas na equipe Nasf, essas pessoas auxiliarão os usuários nas dificuldades com os medicamentos. Por exemplo, caso a pessoa tenha dificuldade em saber como administrar o medicamento, se deve tomar em jejum ou após as refeições, se há alguma interação medicamentosa”, explica Patrícia.

As primeiras unidades a receberem os profissionais foram do bairro Guarani, Centro, Santa Rita e Jardim Maluche. “Tivemos uma boa receptividade. Conversamos com alguns usuários e todos estão gostando da nova forma como está sendo feito”.