Fiscalização / A GTB

A GTB


HISTÓRICO DA GTB

No ano de 2009 foi aprovada a lei municipal nº 154 que tratava da criação da Guarda de Trânsito de Brusque. No dia 06 de junho de 2011, vinte e nove agentes, após aprovados em concurso, foram nomeados e iniciaram o curso de formação. Os agentes passaram a atuar nas ruas do município após o desfile do dia 04 de agosto do mesmo ano.

A partir da criação da GTB, a fiscalização relativa ao cumprimento das normas e legislação de trânsito pôde ser intensificada. A principal necessidade foi em função do crescente número de veículos automotores em Brusque, bem como assumir a função do controle, educação e fiscalização do trânsito anteriormente exercida unicamente pela Polícia Militar, permitindo a esta maior disponibilidade para o atendimento de ocorrências policiais. Cabe aos agentes, ainda, o apoio no controle do tráfego de veículos em eventos, obras públicas com necessidade de desvios ou interrupção de trânsito e alterações na circulação. Essas ações culminam com uma maior segurança para todos os usuários das vias.

Na época, a GTB pertencia a extinta Secretaria de Defesa do Cidadão, atualmente a mesma faz parte da Setram - Secretaria de Trânsito e Mobilidade de Brusque. Conta com uma frota de 03 (três) viaturas operacionais e 08 (oito) motocicletas, todo um sistema de comunicação por meio de uma central de rádio onde atende os chamados através do fone “153” e repassa às guarnições de serviço, além dos coletes balísticos, recentemente adquiridos, para uso e proteção dos agentes de trânsito.

A fim de suprir a demanda de agentes, está em andamento um novo concurso público, onde serão nomeados mais 15 (quinze) agentes, após o curso de formação, passando a contribuir de forma significante para um trânsito mais humano e seguro no município. Portanto, o objetivo é a manutenção e intensificação das atividades da GTB, considerando a importância de suas ações para o desenvolvimento pleno das ações voltadas à mobilidade em Brusque.